Vendendo na Lapa

Vender livro na Lapa é uma experiência muito boa, entre divertida e antropológica. As vezes que fui, me diverti bastante e ainda vendi bem.

Aliás, admiro muito quem vive do mangueio.

Vendendo na Lapa

Precisa nem dizer muito... A Lapa é o grande território, encontro das tribos, das expectativas, dos devaneios e desvarios. Mas, é bom frisar: temos que lutar pra mantê-la democrática, refutando esse projeto escroto de elitizar a parada, deixando só pra turista. Amar a Lapa é também disputar a Lapa. :)

.

Bar da Cachaça - Lapa

Bar da Cachaça, Lapa. Endereço certo de encontrar gente das tribos próximas nas madrugadas. Putz, o nome do bar é de um reducionismo ontológico comovente, direto ao assunto... :)

.

Padaria da Lapa

Padaria Une e Due na Lapa: baguete clássica da madrugada, boa pedida pra quem anda evitando o clássico podrão :)

.

Thiago, O Bardo

Thiago, O Bardo. Esse maluco tem um zine que eu sou muito fã, feito artesanalmente e vendido no mangueio, de boa. Sou fã de zine de papel.


Esta entrada foi publicada em Acompanhando!. Adicione o link permanente aos seus favoritos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>